Como escolher bolas vaginais em 5 minutos

Como escolher bolas vaginais em 5 minutos

Como escolher bolas vaginais em 5 minutos

Para começar, o que é isso tudo?  As bolas vaginais são um treinador especial para os músculos íntimos. Treinar com bolas (chamados exercícios de Kegel) é uma das maneiras mais eficazes de tonificar os músculos antes / depois do parto, aumentar a sensibilidade, melhorar a qualidade da vida sexual. Os exercícios de Kegel têm um efeito benéfico na saúde da mulher: fortalecem os músculos do assoalho pélvico / ajudam a prevenir a incontinência urinária / a congestão na pelve / tornam a menstruação menos dolorosa. 

Preciso de bolas vaginais? Sim, se:
– você deseja obter mais sensações durante o sexo
– quando durante o sexo (ou depois) os sons de “peidar” se
tornam mais frequentes com a vagina – durante esportes, ioga ou alongar os sons novamente “faz” sons
– micção involuntária durante o riso ou esportes
– desejo acentuadamente reduzido de fazer sexo. 

 

Que tipo de bolas existem?
Para iniciantes e experientes. 
Para iniciantes, você precisa de bolas de diâmetro maior, com um centro de gravidade deslocado, leve, sempre em um monte e com um laço para extração. O centro de gravidade deslocado é a bola dentro da bola; quando você treina, ela cria vibrações adicionais e “tensiona” os músculos. 
Os experientes precisam de bolas menores, na maioria das vezes ficam sem um centro de gravidade deslocado, sem um monte e são mais pesadas. Músculos terão que trabalhar mais, porque são menores. 

Qual é o material? 
Bolas de silicone – macias e aveludadas ao toque. Material hipoalergênico impecável, cuidados despretensiosos. Não absorva graxa e descarga. Adequado para uso prolongado. Durável e durável. 

Metal – geralmente sólido e pesado. Perfeitamente suave. Eles podem estar em um monte, mas podem ficar sem ele. Por causa do peso, elas são adequadas apenas para meninas experientes, porque você precisa fazer o máximo esforço para mantê-las. Despretensioso em sair.

As bolas de vidro são lisas e bonitas 🙂 Essas bolas também são mais adequadas para meninas experientes, porque não têm um centro de gravidade alterado. Geralmente eles são feitos de pequeno diâmetro, podem estar no engate, podem ficar sem ele. Feito de borossilicato, ou seja, vidro temperado, é difícil de quebrar. 

Bolas de plástico – a opção mais econômica e fácil. Essas bolas são geralmente usadas pela “primeira vez” para entender como tudo funciona. De vida curta, também caracterizada por uma limpeza laboriosa. No ajuste “teste”. 

 

Quais bolas escolher para iniciantes? 
Suas primeiras bolas devem ser bem grandes e leves. A faixa de diâmetro adequado é de 3-3,8 cm. Se você nunca teve bolas, mas teve parto, sua opção é de 3,5 a 4 cm. Se você nunca trabalhou com bolas e não tem filhos, aconselhamos olhe para um diâmetro de 3 cm 
Para aqueles que já experimentaram as bolas e têm alguma experiência, é necessário pegar bolas com um diâmetro de cerca de 2 cm, feitas de vidro ou metal. 
Como economizar em uma compra? 
Selecione as bolas no conjunto. Isso significa que este kit será suficiente para você em várias etapas do treinamento. Escolha seu kit:

A bola de Satisfyer é única , tem 3,8 cm de diâmetro e 61,9 g de peso, 82,1 g de 97,9 g, ideal para meninas que têm filhos.

A bola de Satisfyer é dupla , diâmetro – 3,4 cm Peso – 79,3 g, 114,1 g, 150,3 g Perfeitamente adequado para iniciantes e experientes. 

As bolas de satisfação são duplas , com um centro de gravidade deslocado – 3,4 cm – peso – 60 g, 75,6 g, 91,6 g – são exemplos do título das primeiras bolas para meninas que ainda não deram à luz. 

 

Esperamos que, após esta instrução, você não tenha mais dúvidas sobre a seleção de bolas. O principal: passamos de um diâmetro maior para um menor, de um peso leve passamos a pesado. Também é importante se exercitar regularmente. 

Bônus : o treinamento adicionalmente excita e dá uma sensação agradável. As bolas podem até ser “tomadas” 10 a 15 minutos antes do sexo e adicionalmente “aquecidas” 🙂

Se você tiver alguma dúvida, escreva para conversar ou acesse https://www.ssinvestimentos.com/tribulus-power-3-0-funciona/, e certamente escolheremos as bolas vaginais perfeitas.

Tornou-se conhecido como a abstinência sexual prejudica a saúde

Tornou-se conhecido como a abstinência sexual prejudica a saúde

Tornou-se conhecido como a abstinência sexual prejudica a saúde

Em geral, excesso de sexo e sua falta / ausência são igualmente prejudiciais à saúde.

Um pequeno número de atos sexuais ou sua ausência causam certo dano ao corpo humano.

A mensagem correspondente foi publicada pelos jornalistas do portal WomanHit . O principal problema de falta / ausência de sexo nos homens é a impotência sexual.

As mulheres, especialmente aquelas que atingiram a idade fértil (ou seja, aquelas que são capazes de dar à luz filhos – “Glavred”) têm dois problemas principais associados à abstinência: a) a menstruação pode ser mais dolorosa; b) todo o ciclo menstrual é capaz de mudar radicalmente.

Além disso, do ponto de vista psicológico, a abstinência prolongada, em alguns casos, coloca as mulheres em estado de estresse ou leva à ninfomania (desejo descontrolado de várias relações sexuais) e a várias perversões na esfera sexual.

Lembre-se, anteriormente, os pesquisadores chamaram os perigos da falta de sexo.

A abstinência leva a problemas de saúde e também viola a psique, dizem os especialistas.

Segundo a psicoterapeuta Sari Cooper, sem se envolver regularmente em intimidade, uma mulher se torna mais letárgica. Com o tempo, isso se torna um hábito, então eles não querem fazer sexo. Além disso, Cooper observou que algumas meninas incluem o regime “rejeitar todas as relações, ficar fora de si”.

O psicólogo-psicoterapeuta acrescentou que, quando fazem sexo, fazem contato “pele com pele”. Tal toque um no outro faz você desfrutar de dois lados.

Sari Cooper observou que, através das relações sexuais, os parceiros regulam seu humor entre si.

O terapeuta sabe que, quanto menos uma mulher faz sexo, mais fina é a parede vaginal. Portanto, será extremamente difícil voltar à intimidade regular.

Os pesquisadores observam que, na ausência de sexo, é produzido o hormônio do estresse cortisol.

Após um longo trabalho, um grupo de pesquisadores americanos conseguiu estabelecer que a abstinência prolongada do sexo causa consequências extremamente negativas.

De acordo com cientistas publicados na mídia especializada ocidental, o estresse nervoso causado pela “falta de intimidade” é mais prejudicial à saúde – já que uma pessoa não pode relaxar e perder emoções negativas através das relações sexuais.

Além disso, a abstinência sexual agrava o sistema imunológico e, como resultado, o corpo é muito mais suscetível a várias doenças sazonais. Além disso, sem sexo, uma pessoa se torna extremamente vulnerável ao estresse – um companheiro constante do habitante moderno da Terra.

Os benefícios da abstinência

Segundo muitos cientistas, a abstinência ajuda a economizar a energia necessária para realizar o potencial de uma pessoa, por exemplo, essa energia economizada pode ser muito útil em projetos de trabalho, criatividade ou atividades educacionais. Você já deve ter ouvido falar que artistas e atletas tentam abster-se de relações sexuais antes de um evento importante que requer um feedback sério.

Existem razões mais convincentes. Os homens devem restringir o ardor se a vida sexual for muito ativa, pois as relações sexuais constantes levam ao desenvolvimento de distúrbios mentais e até neurose. Além disso, contatos freqüentes afetam a capacidade reprodutiva dos homens: simplesmente diminui.

Prejuízo da abstinência

Se, em tenra idade, a abstinência é um estado completamente natural e desaparece com a idade, para um adulto, uma longa abstinência pode se tornar um problema real que apenas um especialista pode ajudar.

O principal problema de abstinência nos homens é a disfunção erétil. Para isso é indicado HotGel.